Trips and Tips #3

Moving on…

Resumindo, Montevideo é uma cidade muito mais à frente do que eu pensava (apesar de me terem ”alertado” para o facto de ser, em conjunto com Buenos Aires e Santiago, o mais parecido com o que temos nas grandes cidades do velho continente, como Madrid, Paris ou Barcelona), super civilizada e com um feeling espanhol mesmo muito marcado (pudera!), mas o âmago da questão é o seguinte: é sim senhor uma cidade muito europeia, muito eclética diria, mas de facto ficou muito por dizer porque para além de ser feriado era um dia de inverno rigoroso, ou seja, a cidade estava quase literalmente deserta. E pelo que percebi a o verão pelas zonas é bastante cobiçado e vivido, mas não era verão… Apesar de tudo Montevideo tem um charme muito próprio, cosmopolita e potencialmente vibrante, mas nesse dia faltavam mesmo as pessoas!! Aquilo que faz os lugares… E na verdade também não nos podemos esquecer de que a cidade que está a apenas 5h de distância exerce uma pressão no mínimo desleal.

**

Summing up, Montevideo is a much further ahead city than I thought it was (despite my friends having alerted me for the fact that, together with Buenos Aires and Santiago, Montevideo was more like what we have in the big cities of the old continent, such as Madrid, Paris or Barcelona), super civilized and with a very marked Spanish feeling, but the nitty gritty is: yes it is a very European, very eclectic city, but in fact something was left unsaid because besides being holiday it was also a day of harsh winter, ie, the city was almost literally deserted. And I found out the summer in that area is quite coveted and lived, but it was not summer … After all Montevideo has a very unique, vibrant and cosmopolitan charm, but that day we missed the locals! What makes places … And in fact one cannot forget that the city is only 5h away FROM AN AT LEAST! UNFAIR COMPETITOR.

plaza-independencia

Comido o fabuloso bife, rumámos a uma vila chamada Colonia Del Sacramento (de onde íamos apanhar o ferryboat para o outro lado do Rio de La Plata). Qual não é o nosso espanto quando descobrimos que, entre ruelas, casinhas e passeios empedrados, aquela pequena vila tão conservadinha e fofinha junto ao rio, no ”meio” do Uruguai foi fundada por….Portugueses! E lá estávamos nós, os descendentes dos admiráveis fundadores de Colonia, a descobrir as muralhas e os canhões, as ruas e as casas coloridas, a paisagem junto ao rio e até um Museu Português. Ainda conseguimos apanhar uns banhos de sol enquanto esperávamos pela hora do barco, na companhia de um amigo de quatro patas que também aproveitou para ”fotossíntetizar”.

**

WITH THE fabulous steak cozy in our stomach, we headed to a town called Colonia Del Sacramento (where we would catch the ferry TO cross  Rio de la Plata). WE SOON discovered that among alleys, houses and cobblestone walks, that little village so well preserved by the river was founded by…. Portuguese! And there we were, the descendants of the admirable founders of that village, discovering ramparts and cannons, streets and colorful houses, the river landscape and even a Portuguese Museum. We still could get some sunbathing while waiting for the boat’s departure time, in company with a four-legged friend who joined us and also took the chance to photosynthesize.

DSC_0034

DSC_0037

DSC_0041

DSC_0038

to be continued…